É comum profissionais da medicina recém formados ou que acabaram de sair da residência, terem dúvidas sobre abertura de empresas para médicos.

As principais dúvidas geralmente ocorrem por desconhecerem o que é mais vantajoso.

Será que para médicos vale a pena ter um CNPJ e trabalhar como pessoa jurídica? Ou será que é melhor trabalhar como profissional autônomo?

Para ajudar no esclarecimento dessas dúvidas, pontuamos neste artigo alguns tópicos relevantes sobre abertura de empresa para médicos.

Obrigações fiscais e tributárias

Para exercer a profissão legalmente, é indispensável conhecer as obrigações fiscais e tributárias pertinentes ao negócio.

Seu consultório ou clínica médica, deve arcar com as responsabilidades adequadamente desde o inicio das atividades, para assim, crescer com saúde, segurança e se consolidar no mercado evitando futuros problemas.

Por não terem o conhecimento específico, é comum que muitos profissionais tenham dificuldade em realizar todas as atividades sozinhos.

Nessa hora o melhor a fazer é procurar ajuda com especialistas, busque por um contador ou por uma contabilidade especializada em serviços médicos.

Além de evitar futuros problemas, sua clínica ou consultório médico, irá se manter dentro da legalidade e poderá economizar e muito, por atuar dentro da lei, não pagando tributos e impostos desnecessários.

Pessoa Física X Pessoa Jurídica

Qual a melhor opção para médicos atuarem? Pessoa Física ou Pessoa Jurídica?

Se o seu objetivo é atuar pagando menos impostos o aconselhável é ter seu CNPJ médico e atuar como Pessoa Jurídica.

A modalidade Jurídica tem uma carga tributária menor, que fica numa média de 13%.

Já a carga tributária para profissionais autônomos fica e torno de 27%, lembrando que tem um adicional de aproximadamente 11% para o INSS.

Cada caso tem as suas particularidades, por isso antes de decidir em qual modalidade irá atuar, faça uma avaliação detalhada do seu cenário atual do seu negócio.

Os dois casos podem ser viáveis, por isso sugiro mais uma vez que busque ajuda de um profissional especializado em abertura de empresa para médicos.

Vale a pena abrir empresa?

Ter um empresa aberta é sinônimo de mais tranquilidade, ainda mais se tratando de profissionais da medicina que geralmente tem uma rotina bem corrida.

Ter uma empresa aberta permitirá ao médico estar sempre regulamentado nos órgãos de fiscalizações, emitir notas fiscais e acompanhar os rendimentos com mais segurança e assertividade.

Então se você quer almejar voos mais altos e ter sucesso na carreira médica, com certeza vale a pena ter um empresa aberta.

Assim você poderá crescer sem dores de cabeças e pagar o mínimo de tributos e impostos.

Conclusão

Manter a contabilidade em dia é uma responsabilidade de todo médico que preza por seu crescimento, bem estar e qualidade de vida.

Cuidar dos livros fiscais, preencher mensalmente o Sistema Empresa de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social (SEFIP), fazer a Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTF) e o Demonstrativo de Apuração de Contribuições Sociais (DACON), fazer a declaração anual e corretamente o Imposto de Renda (IR).

Estes são alguns itens necessários para manter uma contabilidade médica em dia. Pode até parecer complicado para quem não é especialista no assunto.

Mas para nós da Ceribelli Contabilidade, estes são serviços comuns, que tratamos todos dias com muito amor e carinho.

Somos especialistas em abertura de empresas para médicos e contabilidade para profissionais da saúde em geral.

Foque naquilo que você é bom e deixe o resto com a gente, solicite um orçamento sem compromisso!

CTA Orçamento