Nota Fiscal Paulista

Com a alteração o governo restringiu a utilização dos créditos.

De acordo com as novas regras estabelecidas pela Resolução SF 31/2016 (DOE-SP 15/03) não há mais permissão para transferir os créditos da Nota Fiscal Paulista para o cartão de crédito e também para outro consumidor.

A Resolução SF 31/2016 alterou dispositivos da Resolução SF 14/2008, que estabelece procedimentos necessários à utilização dos créditos concedidos no âmbito do Programa de Estímulo à Cidadania do Estado de São Paulo.

Confira.

Resolução SF 31, de 14-03-2016

DOE-SP de 15-03-2016

Altera a Resolução SF-14/08, de 31-03-2008, que estabelece os procedimentos necessários à utilização dos créditos concedidos no âmbito do Programa de Estímulo à Cidadania do Estado de São Paulo

O Secretário da Fazenda, considerando o disposto no artigo 7º do Decreto 54.179, de 30-03-2009, resolve:

Artigo 1º – Passam a vigorar, com a redação que se segue, os dispositivos adiante indicados da Resolução SF-14/08, de 31-03-2008:

I – o artigo 2º: “Art. 2º – Os créditos serão disponibilizados pela Secretaria da Fazenda conforme disposto na Resolução SF-56/09, de 31-08-2009” (NR);

II – o artigo 3º: “Art. 3º – O consumidor deverá efetuar o cadastramento no “site” da Nota Fiscal Paulista para utilizar os créditos que tenham sido disponibilizados, devendo observar o procedimento previsto na Resolução SF-82/10, de 18-08-2010.” (NR);

III – o “caput” do artigo 6º: “Art. 6º – Os créditos relativos à solicitação de transferência para conta corrente ou poupança serão creditados na conta indicada pelo consumidor em até 15 dias a partir da data em que foi feita a solicitação.” (NR).

Artigo 2º – Ficam revogados os seguintes dispositivos da Resolução SF-14/08, de 31-03-2008:

I – o inciso III do artigo 4º;

II – as alíneas “a” e “c” do inciso III do artigo 5º;

III – o inciso I do artigo 8º.

 

Fonte: Siga o Fisco